Espirituialidades e Sociedade



Notícias:

>   Evangelhos têm (nova) tradução do grego para o português



Compartilhar
 

 

 

29/04/2017


Evangelhos têm tradução do grego para o português

 


Frederico Lourenco tradutor de 'Bíblia - Novo Testamento'

 

por REINALDO JOSÉ LOPES
da Folha de SP

 

Para quem já encarou traduzir toda a obra de Homero e foi aclamado pela crítica por isso, verter o grego supostamente singelo dos Evangelhos para o português talvez não pareça um grande desafio.

O helenista português Frederico Lourenço, no entanto, faz questão de ressaltar que as páginas bíblicas alcançam uma força literária que nada deve aos grandes autores da Antiguidade clássica.

Lourenço, também autor de "O Livro Aberto: Leituras da Bíblia', compilação de ensaios que ele virá lançar pela Oficina Raquel na Flip, em julho, é um apaixonado pelas escrituras.

"Para mim, o Evangelho de João é o texto mais belo que conheço, em qualquer língua", diz à Folha.

Os quatro Evangelhos ditos canônicos, aceitos por todos os cristãos – Mateus, Marcos, Lucas e João – perfazem o primeiro volume da tradução da Bíblia grega feito pelo professor de estudos clássicos da Universidade de Coimbra, que sai agora no Brasil. Mais cinco volumes cobrirão os demais livros do Antigo e do Novo Testamento.

Mas por que traduzi-los do grego? Em primeiro lugar, embora o Antigo Testamento na língua de Homero já seja uma tradução dos originais em hebraico e aramaico, ele parece preservar, em certas passagens, um texto mais antigo do que o adotado como padrão pelas comunidades judaicas já na Idade Média.

Além disso, durante séculos, a versão grega teve autoridade sacra para quase todos os judeus da diáspora, e foi com base nela que os primeiros cristãos, originalmente membros de uma seita judaica, construíram sua teologia.

"A Escritura judaica dos que escreveram o Novo Testamento era o Antigo Testamento grego. Também por isso decidi fazer a tradução: para que se possa ler em português a Escritura judaica tal como era lida pelos primeiros cristãos", explica Lourenço.

Surpresas não faltam para quem está acostumado a ler traduções consagradas dos Evangelhos para o português. Um exemplo é o próprio Jesus, normalmente traduzido como "o Filho do Homem". Na nova versão, Lourenço preferiu "o Filho da Humanidade".

A forma já foi adotada por outros especialistas, até porque, como lembra Lourenço em sua introdução, o Jesus bíblico não era filho de homem algum, embora tivesse sido gerado por uma mulher.

Ele também não tentou suavizar o uso constante de poucas conjunções, como "e" ou "mas", o que pode soar repetitivo, mas era indispensável em textos nos quais não havia pontuação, espaço entre palavras ou diferença entre maiúsculas e minúsculas.

No conjunto, as escolhas do tradutor produzem o que talvez seja o acesso mais direto possível aos textos originais dos Evangelhos para os leitores que não dominam o grego.

 

*

 

BÍBLIA - NOVO TESTAMENTO
TRADUÇÃO Frederico Lourenço
EDITORA Companhia das Letras
QUANTO R$ 69,90 (424 págs.)

 

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/04/1879508-evangelhos-tem-traducao-do-grego-para-o-portugues.shtml

 

 

>>>   clique aqui para acessar a página principal de Notícias

>>>   clique aqui para voltar a página inicial do site

>>>   clique para ir direto para a primeira página de Artigos, Teses e Publicações