Espiritualidade e Sociedade



Pedro Pereira da Silva Neto

>   Campeonato da Insensatez

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Pedro Pereira da Silva Neto
>   Campeonato da Insensatez

 

- texto disponível em pdf - clique aqui para acessar

 

Trecho inicial do artigo :

Caros irmãos e irmãs espíritas. Com esse texto encerro esta série que tem por objetivo despertar alguns dos meus irmãos da indolência e outros da hibernação mental que os imobilizam e inutilizam.

Nós conhecemos as possibilidades da influência espiritual. Isso explica muitos dos sucessos infelizes que podemos observar. Vemos homens inteligentes e respeitáveis a agirem de modo irracional como se desconhecessem as Leis Espirituais, Leis que chamamos de Lei de Causa e Efeito. Eu pessoalmente prefiro chamá-la de Lei do Karma, por motivos óbvios.

Pergunto-me: como podem ser tão alienados, como podem agir de modo tão equivocado, mesmo tendo a obrigação de saberem que estão equivocados?

Meus irmãos e irmãs espíritas, por que ignoram sistematicamente os princípios de nossa Doutrina? Estes princípios foram-nos trazidos para guiar-nos durante o período de ignorância em que vivemos. Quando conquistarmos um maior conhecimento espiritual, não necessitaremos de doutrinas ou de qualquer orientação neste mundo material. Atingindo esta condição saberemos o que nos convém e também poderemos contar com o auxílio de nossos irmãos maiores que nos dirigem do mundo espiritual, viveremos em contato direto com eles e o período de trevas terá se acabado para nós.

Vivo sonhando com essa nova maneira de viver, não teremos inimigos, não teremos ladrões nem mesmo no governo, viveremos seguros, nossas casas não precisarão mais de trancas, nossos filhos estarão seguros na escola ou no lar ou ainda, onde estiverem.

É exatamente isso que desejo, porém, para sermos dignos de viver em um ambiente assim devemos conhecer a nós mesmos e desenvolver nossas faculdades psíquicas, tal como mostra O Livro dos Espíritos, e é isso que me move. Vejam a situação do Movimento Espírita. A estagnação e o descaminho estão afetando os próprios espíritos que trabalham por nós no mundo espiritual. Estes Espíritos já se manifestam ostensivamente com críticas severas que nossos dirigentes procuram ignorar e adotam comportamento que conheço há muito, e já me referi sobre isso. Os dirigentes ficam quietos, não respondem a nada, afinal, pensam que não prestarão contas a ninguém, parece que não sabem que terão de prestar contas a eles mesmos, terão de conciliar-se com a própria consciência. Muitos de nossos dirigentes estarão em situação lamentável quando retornarem ao mundo da verdade, o mundo em que se colhe aquilo que foi plantado. Ali eles apenas encontrarão o eco de suas próprias realizações infelizes e compreender essa situação é muito fácil, basta um pouco de estudo.

Há uns dez ou onze anos eu discutia com um amigo a situação caótica de nosso movimento, quando ele me informou de que havia uma mensagem do Dr. Bezerra de Menezes em que analisava a evolução de nosso movimento e fazia críticas severas ao comportamento dos dirigentes. Esse amigo forneceu-me uma cópia dessa mensagem, que foi obtida pela internet, quem a publicou foi ADE-PE, Associação de Divulgadores do Espiritismo de Pernambuco, cujo título é: Um novo tempo para o Movimento Espírita. A mensagem foi psicografada por Wanderley Soares de Oliveira, que a recebeu do espírito Cícero Pereira, e foi publicada no livro Seara Bendita.

Na época eu li a mensagem e aguardei que algo acontecesse, esperei uma reação dos dirigentes espíritas, afinal, era Dr. Bezerra, e creio que todos o respeitem, todavia, como todos sabem nada aconteceu. Os dirigentes simplesmente ficaram quietos e esperaram que o assunto fosse esquecido. Foi justamente isso que pensei.

O tempo passou e não aconteceu nada que chegasse ao meu conhecimento. ... "

 

- texto disponível em pdf - clique aqui para acessar

 


topo