Espiritualidade e Sociedade





Astrid Sayegh

>     "Teorias" Espíritas e Rigor Científico

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Astrid Sayegh
>   "Teorias" Espíritas e Rigor Científico

 

- texto disponível em pdf - clique aqui para acessar -

 

 

(trecho inicial)

 

Mesmo diante de novas teorias e o avanço vertiginoso da Ciência Moderna, os alicerces da Doutrina dos Espíritos permanecem inabaláveis. Mais do que isso, tudo parece convergir no pensamento atual para a comprovação da legitimidade da obra de Allan Kardec. Diante desse panorama positivo, importa, no entanto, que qualquer teoria que se pretenda científica em nome da Doutrina dos Espíritos seja submetida à prova quanto a sua legitimidade. Faz-se necessário submetê-la aos critérios e rigor metódico, pois Espiritismo não é uma questão de pontos de vista ou idéias do senso comum, mas uma ciência rigorosa que possui um corpo de conhecimento coeso, e que enquanto tal pressupõe uma reflexão empreendida com seriedade e precisão.

Segundo Herculano Pires, o desenvolvimento dos princípios espíritas não pode ser feito de maneira atrabiliária, pois no campo do Conhecimento há leis de lógica e de logística que regem o processo cultural(1). Se por lógica entende-se a arte de conduzir a razão na busca e demonstração do conhecimento, à lógica formal juntam-se as matemáticas e esta passa a denominar-se logística. Depreende-se, diante de tal ênfase à exatidão matemática, que o referido filósofo não somente aponta um ideal a ser atingido, mas antes faz apelo a uma verdadeira exigência de precisão no desenvolvimento dos princípios espíritas.

E em que exatamente consiste a Lógica? Ao ocupar-se com o pensamento correto, com a coerência e encadeamento das idéias, esta ciência visa o emprego de procedimentos racionais que venham a legitimar todo e qualquer trabalho científico; tais procedimentos do pensamento denominam-se método, que etimologicamente significa o caminho ordenado através do qual se chega à verdade. Diante disso é importante considerar que, sobretudo no atual momento, por falta de rigor metodológico, muitos trabalhos rotulados de “científicodoutrinários” acabam por comprometer a precisão e autoridade da ciência espírita. Mesmo expositores, cujo trabalho é sem dúvida louvável, enveredam por vezes inadvertidamente por caminhos comprometedores ao abordar os aspectos científico e filosófico de forma não muito precisa.

 

- texto disponível em pdf - clique aqui para acessar e continuar a ler -

 

Astrid Sayegh é filósofa e coordenadora do Instituto Espírita de Estudos Filosóficos, em São Paulo.

 



topo

 

 

Leiam de Sayegh, Astrid

->   Deus na Natureza e no Homem
->   Entrevista por Jáder Sampaio (do blog Espiritismo Comentado)
->   A Importância da Bíblia para a Doutrina Espírita
->   Kardec filósofo?
->   Santo Agostinho e o autoconhecimento
->  "Teorias" Espíritas e Rigor Científico



topo

 

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual