Espiritualidade e Sociedade



Dalmo Duque dos Santos

>   Os médiuns, seus fenômenos e suas provas

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Dalmo Duque dos Santos
>   Os médiuns, seus fenômenos e suas provas

 

29 de março de 2012

 

 


Luciano dos Anjos nos mandou a versão revisada do seu texto sobre o caso das materializações de Uberaba. Na época as sessões foram denunciadas como fraude pela revista O Cruzeiro, a mesma que tentou “desmascarar” Chico Xavier e acabou sendo realmente desmascarada por Emmanuel, como foi fielmente retratado no filme de Daniel Filho. Herculano Pires levava tão a sério esse negócio de ética profissional que ao tocar nesse assunto não citava os nomes dos jornalistas envolvidos.

Nesse caso, a revista O Cruzeiro queria destruir a reputação do Espiritismo e encontrou na pessoa da médium Otília Diogo (foto) a oportunidade ideal para fazer o estrago pretendido. Luciano conta a história em detalhes e mostra o valor institucional das entidades federativas na defesa da doutrina e dos seus seguidores.

Mas o que mais nos chamou a atenção nesse caso foi a condição humana de Otília Diogo, filha da união proibida de um padre e uma freira, portadora de mediunidade de efeitos físicos, compromissos pesadíssimos com a difusão das verdades espirituais, pela sua base fenomênica, e com parcos recursos materiais e morais para suportar as graves provas da sua tarefa.

Na história do Espiritismo esses médiuns quase sempre não assimilam a moral doutrinária e muitos, como as Irmãs Fox, D.D. Home e Hary Slade, nem cogitavam das origens e repercussões das suas faculdades. Uma das meninas de Hydesville tornou-se alcóolatra, Home não compreendia a reencarnação e Slad terminou seus dias internado num manicômio. Eles vêm e vão como os furacões, provocando os sinais de graves mudanças , porém se tornam vítimas da própria força por eles desencadeadas, falhando exatamente naquilo que todos nós falhamos: nossos pontos fracos (vícios e defeitos) e a cobrança implacável dos inimigos de outros tempos.

Algumas dessas histórias revelam facetas impressionantes das misérias humanas de perseguições, mentiras, calúnias horrorosas, vaidades, vinganças; e também a oportunidade de redenção pela auto-humilhação, a oferta da outra face, a preciosa chance de ajudar os semelhantes e principalmente a vivência dolorosa das bem-aventuranças, por meio da mediunidade.

Oremos por eles, porque os perseguidores e perseguidos passarão pelas mesmas provas e um dia sentarão à mesa para dividir e saborear o pão do Evangelho.


*  *  *

 

Fonte:
http://observadorespirita.blogspot.com.br/2012/03/os-mediuns-e-seus-fenomenos.html

 


topo

 

Leiam outros textos do mesmo autor :

Dalmo Duque dos Santos

-> Os 40 Anos do CEAE-Genebra
-> Os 60 anos da primeira escola de Espiritismo
-> Adão não estava lá
-> André Luiz: É tudo verdade?
-> Aristóteles e o "animais espíritas"
-> Ataques a obras e autores
-> Código secreto de Chico Xavier?
-> Conhecimento e Verdade
-> Cultuar Rivail e ocultar Kardec
-> CVV 50 anos
-> De novo a pedagogia espírita
-> A degeneração do Espiritismo
-> Em busca de Kardec educador
-> Espíritas no umbral e as Escolas de Vingança
-> Espiritismo e cultos afro-indígenas: continuamos iguais nas diferenças
-> Espíritos nas escolas: encarnados e desencarnados no cotidiano escolar
-> Francisca Júlia Silva por Chico Xavier
-> Jaci Régis e o Espiritismo Laico
-> Kardec insuperável?
-> As novas gerações de espíritos
-> Plinio Marcos e os turrões espíritas
-> A proposta educativa de Jesus e do Espiritismo
-> Quem se importa com o Espiritismo?
-> Ramatis segundo Emmanuel
-> Ratatouille segundo o Espiritismo
-> Ressurreição e Reencarnação: imagens e palavras
-> Rohden, os teólogos e o Espiritismo
-> A sombria e majestosa Mantiqueira
-> A Torre do Tempo
-> A utopia de Carl Rogers
-> Vidas passadas ou reencarnação?
-> Visão estratégica de Edgard Armond se concretiza

 

 


topo