Espiritualidade e Sociedade



Dalmo Duque dos Santos

>   Código secreto de Chico Xavier?

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Dalmo Duque dos Santos
>   Código secreto de Chico Xavier?


Há quem interessa essa questão do Código Secreto de Chico Xavier?

Não existe nenhum motivo plausível, a não ser por questões familiares, para cremos num código secreto de Chico Xavier. Seria até um contra-senso da parte do médium, que sempre respeitou e colocou em prática os ensinamentos de Allan Kardec, alimentar esses exageros religiosos e concepções exóticas e estranhas à doutrina espírita.

Então, por que um código secreto? O que Chico teria a nos dizer se, durante toda a sua existência, ele nunca se preocupou em dizer coisas de si mesmo, das suas idéias próprias?

Chico sempre serviu de intermediário das idéias dos espíritos e sempre reconheceu o seu papel de simples colaborador ou canal mediúnico. Por que então, depois desencarnado, seria diferente?

Será que as pessoas estão se esquecendo que tudo que o médium produziu de importante não era de sua autoria e que o essencial de sua obra pessoal foi a caridade e que esta jamais esteve revestida da máscara do segredo?

Então que segredo é esse senão a nossa incapacidade de enxergar o que não queremos ver ?

Quem ou o que está por trás dessa idéia medíocre e que depõe contra a própria sobriedade e responsabilidade que o médium sempre demonstrou quando estava entre nós?

Se o caso permanecesse na esfera familiar poderíamos até compreender que houvesse algo que deveria ser esclarecido e que seria apenas do interesse de quem conviveu próximo do médium. De outra forma, nos parece ser esta uma questão de imaturidade e abuso, uma necessidade mesquinha de alimentar um falso prestígio em torno da figura carismática e admirável de Chico Xavier.

O Espiritismo não tem segredos, nunca foi de segredos e foi totalmente estruturado pelo Espíritos Superiores para abolir essas idéias e práticas da cultura dogmática e manipuladora da fé popular.

Os espíritas verdadeiros, portadores da consciência e da moral decorrentes da Doutrina dos Espíritos certamente não se interessam e até ficam indignados quando algo de bom sobre o grande médium deixa de ser divulgado ao público para ceder espaço ao fanatismo e à vaidade dos pretensos amigos e admiradores de Chico Xavier.

Observador Espírita – 14/09/2010

 

 

Fonte: http://observadorespirita.blogspot.com/

 

Leiam outros textos do mesmo autor :

Dalmo Duque dos Santos

-> Os 40 Anos do CEAE-Genebra
-> Os 60 anos da primeira escola de Espiritismo
-> Adão não estava lá
-> André Luiz: É tudo verdade?
-> Aristóteles e o "animais espíritas"
-> Ataques a obras e autores
-> Código secreto de Chico Xavier?
-> Conhecimento e Verdade
-> Cultuar Rivail e ocultar Kardec
-> CVV 50 anos
-> De novo a pedagogia espírita
-> A degeneração do Espiritismo
-> Em busca de Kardec educador
-> Espíritas no umbral e as Escolas de Vingança
-> Espiritismo e cultos afro-indígenas: continuamos iguais nas diferenças
-> Espíritos nas escolas: encarnados e desencarnados no cotidiano escolar
-> Francisca Júlia Silva por Chico Xavier
-> Jaci Régis e o Espiritismo Laico
-> Kardec insuperável?
-> As novas gerações de espíritos
-> Plinio Marcos e os turrões espíritas
-> A proposta educativa de Jesus e do Espiritismo
-> Quem se importa com o Espiritismo?
-> Ramatis segundo Emmanuel
-> Ratatouille segundo o Espiritismo
-> Ressurreição e Reencarnação: imagens e palavras
-> Rohden, os teólogos e o Espiritismo
-> A sombria e majestosa Mantiqueira
-> A Torre do Tempo
-> A utopia de Carl Rogers
-> Vidas passadas ou reencarnação?
-> Visão estratégica de Edgard Armond se concretiza