Espiritualidade e Sociedade



Alexandre Caroli Rocha

>     A poesia transcendente de Parnaso de além-túmulo

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Alexandre Caroli Rocha *
>      A poesia transcendente de Parnaso de além-túmulo

 

* Doutor em Teoria e História Literária pela Unicamp, atualmente faz pós-doutorado na USP


- tese disponível em pdf - clique aqui para acesssar -


Dissertação apresentada ao curso de Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas,
como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Teoria e História Literária.

 

RESUMO

O livro de poemas mediúnicos Parnaso de além-túmulo, do médium mineiro Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier), composto por 259 poemas atribuídos a 56 poetas brasileiros e portugueses, é o objeto de estudo desta dissertação. A intenção do trabalho é levantar algumas questões, do interesse da teoria literária, suscitadas por esse tipo de literatura, como a autoria, o pastiche, o estilo, os limites do literário.

A dissertação é formada por três capítulos. O primeiro trata do histórico das edições de Parnaso; dos poetas apresentados como os autores espirituais; dos conteúdos da antologia e das repercussões de Parnaso no meio espírita e na imprensa em geral.

O segundo capítulo é formado por cinco estudos que procuram verificar, a partir de algumas referências críticas, que tipos de pontos em comum existem entre poemas de
Parnaso e a obra de autores a quem são atribuídos. Para essa análise, selecionei um corpus de cinco poetas: três portugueses, João de Deus, Antero de Quental e Guerra Junqueiro, e dois brasileiros, Cruz e Sousa e Augusto dos Anjos. Os resultados desses cotejos sugerem que os poemas de Parnaso não seriam o produto de uma simples imitação literária.

O último capítulo, à guisa de conclusão, é um desdobramento dos resultados obtidos
nas duas primeiras partes do trabalho. Intitulado “O contexto literário de Parnaso”, estudam-se neste capítulo os seguintes temas: a configuração autoral e a intenção probatória da antologia; alguns pressupostos do entendimento espírita de arte; a inspiração literária e o espiritismo; Chico Xavier e a psicografia e, por fim, os propósitos persuasivos da literatura espírita.

- tese disponível em pdf - clique aqui para acesssar -

 



topo


Leiam de Alexandre Caroli Rocha:

-> O Caso Humberto de Campos: Autoria literária e mediunidade
-> Complicações de uma estranha autoria (O que se comentou sobre textos que Chico Xavier atribuiu a Humberto de Campos)
-> Guerra Junqueiro de Chico Xavier
-> A poesia transcendente de Parnaso de além-túmulo