Manuel S. Porteiro

>   Livre-Arbítrio e Determinismo

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Manuel S. Porteiro
>   Livre-Arbítrio e Determinismo


* publicação em pdf - clique aqui para acessar

 

(trecho)

O que somos? Seres incapazes de auto determinação, arrastados pela fatalidade ou totalmente comandados por fatores externos? Seres completamente livres, donos absolutos do nosso destino? Ou criaturas humanas dotadas de livre-arbítrio e responsabilidade, segundo nosso grau de evolução espiritual, e subordinadas às leis naturais e ao meio social em que vivemos?

(...)

O Espiritismo, ainda que sustente como fundamento de sua moral o livre-arbítrio, não faz dele um dogma infalível nem põe travas à inteligência de seus adeptos, impedindo-os de refletirem, analisarem e esclarecerem esta questão, do mesmo modo que não exclui da análise os seus fenômenos, embora aceitos em grande parte como produzidos por entidades espirituais que viveram na Terra. Pelo contrário, a experiência, o livre exame, o raciocínio são, para o Espiritismo, a base de sua filosofia, e para o espiritista, o fundamento de suas convicções, ainda que, como em toda doutrina racionalista, se diferencie em detalhes na apreciação dos fatos e dos postulados que deles se depreendem.

O vigor da contribuição de Porteiro nos livros e artigos que escreveu foi destacado por Jon Aizpúrua, conhecido escritor, conferencista e líder espiritista da Venezuela, em artigo publicado na revista, por ele dirigida, Evolucion (nº 75) sob o título "O Pensamento Vivo de Porteiro".

 

* publicação em pdf - clique aqui para acessar



Manuel S. Porteiro, profundo pensador e escritor espírita argentino, é praticamente desconhecido no Brasil e mesmo da grande maioria dos espíritas da América Latina. Redescobrir o pensamento de Porteiro é tarefa urgente, porque ele antecipou, construiu todo um entendimento da Doutrina Espírita que se torna moderno, atual e importante, no momento em que tentamos retirar o Espiritismo dos entulhos que uma visão mística e religiosa colocou sobre ele.

Porteiro escreveu as seguintes obras: Origem das Idéias Morais; Ama e Espera; Conceito Espírita de Sociologia e Espiritismo Dialético, considerada sua obra principal. O trabalho "Livre-arbítrio e Determinismo" foi publicado pela revista "La Idea", em 1936. É uma conferência por ele proferida na Sociedade Constância, no
dia 5 de junho de 1929.


Fonte:
PENSE - Pensamento Social Espírita / www.viasantos.com/pense
Caderno Cultural Espírita - nº 1 - Santos - Licespe - 1987

 

Leiam de Manuel S. Porteiro
-> Conceito Espírita de Sociologia
-> Livre-Arbítrio e Determinismo
-> Origem das Ideias Morais




topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual