Espiritualidade e Sociedade



Marco Aurélio Gomes de Oliveira

>     "Livres", porém perseguidos: o cotidiano das relações entre Espíritas e a Polícia na cidade do Rio de Janeiro

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Marco Aurélio Gomes de Oliveira
>    "Livres", porém perseguidos: o cotidiano das relações entre Espíritas e a Polícia na cidade do Rio de Janeiro

 

- monografia disponível em pdf - clique aqui para acessar -


Monografia de Conclusão do Curso de Graduação em História, apresentada ao Departamento de História da Universidade Federal Fluminense (UFF)
para obtenção do grau de Bacharel.

 

RESUMO

Este trabalho objetivou recuperar a experiência de espíritas na cidade do Rio de Janeiro, nas décadas de 1930 e 1940, e suas relações com a Polícia. Através dos livros de atas de reuniões de diretoria e assembléias gerais de duas instituições, de dois livros de registro de médiums, bem como de algumas cartas de agregação de centros espíritas à Liga Espírita do Brasil, procurei reconhecer quem eram os espíritas e como se organizavam institucionalmente.

Além disso, acompanho a repressão promovida pelas autoridades policiais, respaldadas pelo Código Penal e por uma série de Portarias Policiais, às vezes implicando no fechamento de algumas instituições. Por sua vez, os espíritas lançaram mão de uma série de estratégias para manterem suas atividades, manifestando-se na imprensa, criando uma teia de informações entre si e, também, com as entidades federativas, além de contarem, também, com o auxílio de um jurista.




topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual