Espiritualidade e Sociedade




Eliane Silva de Oliveira

>    A construção da experiência espiritual e sua problematização como lugar de superação dos limites do paradigma biomédico: uma contribuição para a reflexão sobre espiritualidade na educação médica

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Eliane Silva de Oliveira
>   A construção da experiência espiritual e sua problematização como lugar de superação dos limites do paradigma biomédico: uma contribuição para a reflexão sobre espiritualidade na educação médica

 

Tese de Doutorado.
Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, 2008.



Resumo

Esta tese apresenta uma pesquisa qualitativa, sobre a construção da experiência espiritual e sua problematização como lugar de superação dos limites do paradigma biomédico e se propõe a contribuir para a reflexão sobre espiritualidade na educação médica em três cenários: no contexto em que as mães recorrem a explicações transcendentais quando na enfermaria Mãe-Canguru na Maternidade Escola Assis Chateaubriand; junto aos sujeitos que buscam os rezadores no Programa de Saúde da Família Novo Iracema, em Maranguape; e através das narrativas de sujeitos que vivenciaram experiência de quase-morte (EQM) e experiência de quase-morte símile (desdobramento).

A pesquisa tem como metodologia a história oral temática (método de pesquisa antropológico - ciência do indivíduo), utilizando entrevistas semi-estruturadas, com uma abordagem transdisciplinar, numa perspectiva multirreferencial, ou seja, uma leitura plural, utilizando sistemas de referências distintos; obtendo as narrativas dos depoentes acerca das reflexões sobre a construção da experiência espiritual nos percursos educacionais vividos nos processos de adoecimento e cura; com o objetivo de estudar o que essas experiências apontam como perspectiva de superação dos limites do paradigma biomédico.

As narrativas foram gravadas, transcritas, em seguida foi realizada a análise, cotejando com o referencial teórico desta tese: ciência da educação, ciência médica e o pensamento espírita e seu aspecto religioso, filosófico e científico.

As análises no corpo deste estudo levaram à compreensão: da necessidade de uma nova conceituação do sujeito humano (como ser espiritual); da necessidade de se considerar as produções simbólicas que remetem à dimensão transcendente, considerando os fenômenos da ordem espiritual, como fenômenos que devem ser considerados em medicina; as experiências de quase-morte e os desdobramentos sugerem a existência de uma individualidade extracorpórea, consciente, com identidade, inteligência, memória, dotado de faculdades transcendentes, capazes de vivenciar experiências como seres espirituais, as quais devem ser levadas em consideração na prática médica, principalmente na relação médico-paciente com sujeitos em coma e no momento do processo de morte e repensar o tempo de reanimação e os critérios utilizados para determinação do sucesso dessas manobras; de que estudos multirreferenciados utilizando o pensamento espírita, na perspectiva espírita, na perspectiva religiosa, filosófica e científica deverão ser realizados, desenvolvendo o paradigma médico-espírita, como contribuição relevante para a medicina.

 

->   texto completo em pdf - clique aqui para acessar -

 


topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual