Espiritualidade e Sociedade



Alessandra Lamas Granero Lucchetti

>     Descrição da terapia complementar religiosa em centros espíritas da cidade de São Paulo com ênfase na abordagem sobre problemas de saúde mental

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Alessandra Lamas Granero Lucchetti
>     Descrição da terapia complementar religiosa em centros espíritas da cidade de São Paulo com ênfase na abordagem sobre problemas de saúde mental

 

- tese disponível em pdf - clique aqui para acessar -


- Dissertação de Mestrado - Faculdade de Medicina / USP
- Orientador: Homero Pinto Vallada Filho
- Área de Conhecimento: Psiquiatria

 

Resumo


OBJETIVO:
Descrever o perfil do tratamento complementar religioso realizado nos centros espíritas da cidade de São Paulo, compreender a abordagem terapêutica dos problemas de saúde mental e como é realizada a diferenciação entre pessoas apresentando experiências espirituais e aqueles com transtornos mentais nesses centros.

MÉTODOS:
No estudo I, foram selecionados centros espíritas pertencentes à cidade de São Paulo que possuíam registro na internet. Foram encaminhadas cartas registradas contendo o termo de consentimento e um questionário padrão envolvendo dados relacionados à identificação e ao funcionamento do centro espírita, pessoas atendidas em média, tratamentos recomendados, de que forma acontece à terapêutica, principais doenças atendidas, quais tratamentos são dados para cada tipo de transtorno psiquiátrico e como é feita a diferenciação entre experiências espirituais e transtornos mentais.
No estudo II foram descritas as características do tratamento complementar espiritual realizado para depressão em um grande centro espírita da cidade de São Paulo. Resultados: Dos 365 centros que receberam a carta, 55 (15,1%) foram incluídos na análise final, tendo média de 41,1 anos (DP:20,7) de existência. A média relatada de atendimentos por semana em cada instituição é de 261 pessoas (totalizando cerca de 15.000 atendimentos/semana nos 55 centros). A prática terapêutica mais presente entre os centros é a desobsessão (92,7%), porém a intervenção menos frequente é a cirurgia espiritual, presente em apenas 5,5% dos centros, sendo nenhuma com cortes.

Quando questionados se todo transtorno psiquiátrico é mediunidade desequilibrada ou obsessão, 58,2% responderam que sim. Os problemas de saúde mais citados para a procura desses centros foram: depressão (45,1%), câncer (43,1%) e doenças em geral (33,3%). Quanto à diferenciação entre experiência espiritual e doença mental, critério proposto por Menezes & Moreira-Almeida, a média de acertos foi de 12,4 (DP:3,4) entre 18 acertos possíveis. Entre os responsáveis pelos centros, 4 (8,3%) acertaram todos os critérios.


CONCLUSÃO:
Os centros espíritas investigados realizam um expressivo número de atendimentos por semana e os problemas mais comuns atendidos estão relacionados às esferas da saúde e do relacionamento pessoal e social.

Entre os problemas de saúde mais comumente relatados está a depressão e o câncer. Na avaliação sobre a diferenciação entre experiências espirituais e transtornos mentais, uma minoria dos dirigentes desses centros espíritas conseguiu realizar uma diferenciação completa entre esses dois tipos de comportamento


Fonte: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-24022014-162505/en.php



topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual