Espiritualidade e Sociedade



Francisco Lotufo Neto

> Psiquiatria e Religião - A prevalência de transtornos mentais entre Ministros Religiosos

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Francisco Lotufo Neto
>   Psiquiatria e Religião - A prevalência de transtornos mentais entre Ministros Religiosos


- texto em pdf - clique aqui para acessar o texto

Tese apresentada à Faculdade de Medicina
da Universidade de São Paulo para
obtenção do título de Livre-docente junto ao
Departamento de Psiquiatria


Resumo

O campo é vasto e foi necessário delimitá-lo. Optou-se pelos estudos psiquiátricos a respeito da religião que tiveram a preocupação de testar uma hipótese, de estudar a relação entre transtornos mentais e religião de forma empírica. Por isso, deixou-se de lado imensa quantidade de literatura muito rica, mas contendo apenas reflexões e opiniões a respeito. Este trabalho divide-se em duas partes. Na primeira, uma introdução sobre os principais conceitos acerca de religião, espiritualidade e fé, além de definir os diferentes tipos do uso da expressão saúde mental. A seguir examinou-se as características da religião saudável, comparando-as com as da religião que pode ser prejudicial à saúde mental. Apresentou-se os diferentes mecanismos pelos quais a religião pode influenciar á saúde e detalhou-se o que os trabalhos mostram sobre a relação entre religião, saúde física, bem estar e os diferentes transtornos mentais. Os problemas metodológicos do estudo da religião na psiquiatria foram abordados e as principais recomendações encontradas na literatura detalhadas.

Na segunda parte, resumiu-se a literatura sobre transtornos mentais em ministros religiosos, ficando evidente que o tema foi muito pouco estudado. Os trabalhos são antigos, de muito antes do início de cuidados como critérios e instrumentos diagnósticos. Examinou-se também a literatura sobre os fatores de estresse na vida do sacerdote.

Para investigar a prevalência de transtornos mentais entre ministros religiosos cristãos, não católicos moradores da cidade de São Paulo, 750 questionários contendo o “Self-Report Psychiatric Screening Questionnaire (SRQ-20)” e o “Inventário da Vida Religiosa” foram enviados pelo correio. Das 207 respostas, quarenta foram sorteados e convidados para uma entrevista com o “Schedules for Clinical Assessment in Neuropsychiatry” (SCAN) e uma entrevista aberta visando responder à Escala para Gravidade de Estressores (eixo IV do DSM-III-R).

A prevalência de transtornos mentais no mês que precedeu a entrevista foi de 12.5%, e 47% receberam um diagnóstico quando a vida toda foi considerada. Os principais diagnósticos foram Transtornos Depressivos (16.4%), Transtornos do Sono (12.9%) e Transtornos Ansiosos (9.4%). Religiosidade do tipo Intrínseco foi associada com saúde mental. Problemas financeiros, problemas com outros pastores, conflitos com os líderes leigos da igreja, dificuldades conjugais, problemas doutrinários na igreja e sobrecarga de trabalho foram os fatores de estresse identificados mais importantes.

Fonte: http://www.hoje.org.br/site/artigos.php

- texto em pdf - clique aqui para acessar o texto


topo

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual