Espiritualidade e Sociedade



Oliver Lodge

>     Raymond: uma prova da sobrevivência da alma

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Oliver Lodge
>     Raymond: uma prova da sobrevivência da alma


>
  clique aqui e acesse o texto completo em pdf -

 

Oliver Lodge, cientista inglês nascido em Penkhull, Staffordshire em 12/06/1851 e desencarnado em Amesbury em 22/08/1940. Professor de Física do Colégio Universitário de Liverpool no período de 1881-1900; diretor da Universidade de Birmingham em 1900 e lente em Oxford em 1903.

Trouxe importantes contribuições às teorias da eletricidade de contato e eletrólise, da descarga oscilatória nas garrafas de Leyde, da produção de ondas eletromagnéticas no ar e introduziu melhoramentos no telégrafo sem fio.

Realizou experiência sobre diminuição de neblina por meio de dispersão elétrica.

Autor de vários tratados científicos e obras, entre as quais destacamos:

Manual de Mecânica Elementar, 1877;
Pioneiros da Ciência, 1893;
Vida e Matéria, 1905;
Elétrons ou a natureza e propriedades da eletricidade negativa, 1907, Ciência e Mortalidade, 1908;
O éter no Espaço, 1909;
Além da Física ou a idealização do mecanismo, 1930.


Foi também co-editor do importante periódico Philosophical Magazine.

O nome de Sir Oliver Lodge constitui um dos mais altos ornamentos das ciências físicas modernas. Daí a importância que o mundo deu à sua penetração pelo campo do espiritualismo, e às experiências, rigorosamente controladas, com que estudou o caso post-mortem do seu filho Raymond, morto numa trincheira de
Flandres, logo nos primeiros meses da Grande Guerra.


Há espíritos? Está provada a sobrevivência?

Eis aqui duas perguntas que têm desafiado a paciência de abalizados investigadores. Para atendê-las, desde meados do século passado entregam-se a trabalhos ingentes sábios de renome universal, como William Crookes, Flammarion, Myers, Wallace, Lodge e Richet.

Frente à Metapsíquica, a tese da sobrevivência constitui o segredo de toda indagação em torno dos fenômenos supranormais, pois outra não é a finalidade da jovem ciência senão apurar, mediante controle e observância de métodos positivos, a existência dos fatos, inabituais, para esclarecer as hipóteses explicativas de sua causa e a extensão de seus efeitos.

A humanidade sempre se agitou ansiosa por uma palavra definitiva acerca das possibilidades de um sentido espiritual, imanente no homem. Daí o surto das religiões primitivas no seio dos povos através das idades, culminando no mais pernicioso religiosismo que tanto logrou amesquinhar a inteligência das criaturas e levá-las a fanatismos e fetichismos bizarros, deprimentes.

Tudo isso, no entanto, que sempre foi um mal, não deixou de despertar a intuição do princípio da sobrevivência, e conseqüentemente da existência do espírito fora das contingências da vida transitória do corpo físico.

A ciência moderna encaminhou suas atividades para o campo dos fatos metapsíquicos a fim de conhecer sua gênese e etiologia, natureza íntima e meios de manifestação, à luz dos processos da experimentação e observação.

Suas conclusões não podiam fugir ao imperativo da prova concreta. A maioria absoluta dos investigadores, os sábios de honestidade comprovada e coragem científica, lavraram a sua sentença e a resposta foi pela afirmativa.

Há espíritos. A sobrevivência é uma realidade.

O mesmo assevera Sir Oliver Lodge em seu livro encantador e comovente,
Raymond. O fundador da Metapsíquica, o grande Charles Richet, nos últimos meses de sua vida, declarou-se convicto da sobrevivência. Essa confissão foi feita pelo prof. Richet em carta ao prof. Ernesto Bozzano publicada no Psychic News, de Londres, em 30 de maio de 1936.

As afirmações desses corifeus da ciência contemporânea alegram sobremodo aqueles que nunca duvidaram da ressurreição de Jesus Cristo, ponto de partida e chave histórica do problema da sobrevivência da alma humana.

* * *

>>>   clique aqui e acesse o texto completo em pdf -

 



topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual