Espiritualidade e Sociedade




Daniella Francisca Soares Silva Leite

>     Práticas de funcionamento em organizações do Terceiro Setor e os Fundamentos da Doutrina Espírita

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Daniella Francisca Soares Silva Leite
>  Práticas de funcionamento em organizações do Terceiro Setor e os Fundamentos da Doutrina Espírita

 

--------------------------------------

 

-> clique aqui para acessar o texto em pdf -


Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado Profissional em Administração da FEAD, como requisito parcial à obtenção do título de Mestre em Administração.

“Sei que meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele o oceano seria menor.”
Madre Tereza de Calcutá

 


RESUMO

O presente trabalho, desenvolvido nas organizações do terceiro setor ligadas às casas espíritas de uma cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, objetivou caracterizar o funcionamento dessas organizações e avaliar a influência dos fundamentos da doutrina espírita em sua gestão.

Para atender a esse objetivo foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa, descritiva, constituída de três etapas: entrevista com o Presidente da Associação Municipal Espírita; sondagem realizada junto a 12 casas espíritas da cidade e às quatro organizações de fins sociais a elas ligadas; e um estudo de caso em profundidade em uma dessas organizações de fins sociais.

Os resultados da pesquisa apontam para a inexistência de uniformidade das atividades sociais desenvolvidas pelas casas espíritas, e aponta também para a influência dos princípios da doutrina espírita no funcionamento e gestão das organizações de fins sociais a elas ligadas. Isso é viabilizado através de seus dirigentes, que devem ter vínculo com as casas espíritas, e através da influência do grupo gestor da casa espírita nas decisões estratégicas da organização de fins sociais.

Percebem-se, nas organizações de fins sociais ligadas às casas espíritas, práticas que concretizam a codificação kardequiana, sobretudo no que tange às Leis do Trabalho, Sociedade, Amor, Justiça e Caridade e Liberdade. O poder e a influência das casas espíritas sobre as organizações não se atrela, dessa forma, ao aporte de recursos financeiros, que são obtidos, na maioria dos casos, através de parcerias com o poder público, perante às quais as organizações defendem autonomia.

->   clique aqui para acessar o texto em pdf - >

 


Vejam também o vídeo da apresentação de Daniella no ENLIHPE 2013:

http://www.espiritualidades.com.br/Liga/9_ENLIHPE_2013/Videos/06_9_ENLIHPE_2013.htm




topo