Espiritualidade e Sociedade



Marcelo Freitas Gil

>   A Educação das Almas: o Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita e a unificação do Movimento Espírita Brasileiro

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Marcelo Freitas Gil
>   A Educação das Almas: o Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita e a unificação do Movimento Espírita Brasileiro


- tese disponível em pdf - clique aqui para acessar -



UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Faculdade de Educação
Programa de Pós-Graduação em Educação
Doutorado em Educação
Pelotas, 2014


Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Pelotas, como requisito parcial à obtenção do título de Doutor em Educação.

Orientadora: Profª. Drª. Giana Lange do Amaral

 

RESUMO

O presente estudo apresenta uma análise das representações contidas no material didático do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE), programa de estudo doutrinário da Federação Espírita Brasileira (FEB), surgido em 1978 no âmbito da Federação Espírita do Rio Grande do Sul (FERGS) e que se tornou um programa permanente da FEB em 1983.
Com apoio nos pressupostos teóricos e metodológicos da Nova História Cultural e em autores como Bourdieu (1998; 2000), Certeau (2011), Chartier (1990, 2009) e Geertz (2011), buscou-se compreender o processo histórico de constituição e implantação nacional do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita, bem como o seu significado e esfera de influência junto ao Movimento Espírita Brasileiro, partindo de um horizonte cultural, isto é, que privilegia o papel das representações na criação, manutenção e recriação do universo social.
Para tanto, foi realizada pesquisa bibliográfica e documental, com apoio também em fontes orais e em inserções etnográficas junto à Federação Espírita Brasileira e ao Centro Cultural Espírita de Porto Alegre, local em que surgiu a proposta original para a criação do ESDE.
A pesquisa aqui descrita está organizada em três eixos.

No primeiro, é apresentada uma contextualização história do surgimento do espiritismo na França, a partir de 1857, com a publicação de O Livro dos Espíritos, pelo pedagogo Hyppolite Léon Denizard Rivail, que adotou o pseudônimo de Allan Kardec, pelo qual ficou conhecido. Nesta primeira parte é analisada a proposta da doutrina espírita e os diálogos que manteve no ambiente cultural europeu de meados do século XIX.

No segundo eixo é abordado o processo de inserção do espiritismo no Brasil e a releitura com base no Evangelho que a doutrina organizada por Allan Kardec sofreu ao penetrar no ambiente cultural brasileiro no último quartel do século XIX. Ainda nesta segunda parte são analisadas as práticas e representações formatadas entre os primeiros espíritas brasileiros, divididos em três correntes que divergiam na interpretação e caracterização da doutrina espírita naquele momento histórico. Também é discutido o processo de formação do Movimento Espírita Brasileiro, com suas tensões em torno da conceituação do caráter do espiritismo e da definição de sua representação institucional.

No terceiro eixo é abordado o processo histórico em que o ESDE surgiu, bem como as representações acerca do espiritismo e do Movimento Espírita Brasileiro que estão contidas neste programa de estudo doutrinário, demonstrando-se que ele representa importante papel junto ao campo espírita no Brasil, na qualidade de veículo através do qual a visão febiana em torno do espiritismo e de seu caráter religioso é levada a todo o país, transformando os centros espíritas em ambientes educacionais, onde uma prática didático-pedagógica tem lugar, através da implantação de um programa que é dotado, inclusive, de material didático próprio.

Desta forma, conclui-se que atualmente o ESDE é o mais importante instrumento unificador do discurso e das práticas dos espíritas que se reúnem em torno da Federação Espírita Brasileiro. Ele contém uma série de representações em torno do espiritismo e da própria FEB que se formaram ao longo de várias décadas desde que o espiritismo inseriu-se no país, servindo como meio para a disseminação e o fortalecimento dessas representações entre os adeptos da doutrina espírita, contribuindo para a unificação do Movimento Espírita Brasileiro.

- tese disponível em pdf - clique aqui para acessar -


Leiam também de Marcelo Freitas Gil:

> O Movimento Espírita Pelotense e suas raízes sócio-históricas e culturais - dissertação de mestrado




topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual