Espiritualidade e Sociedade




Claude Robert Cloninger

>    A importância da consciência ternária para superar as inadequações da psiquiatria contemporânea

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Claude Robert Cloninger
>    A importância da consciência ternária para superar as inadequações da psiquiatria contemporânea

 

--------------------------------------


Resumo

Os seres humanos evoluíram em etapas, de modo que nossa consciência desenvolveu três componentes centrais – aprendizagem processual de hábitos e habilidades, aprendizagem semântica de fatos e proposições e autoconsciência de uma identidade que se desenvolve ao longo do tempo e do espaço. Conse quentemente, a consciência humana implica o crescimento de nossa subjetividade, integrando esses três aspectos da aprendizagem e da memória. A psiquiatria contemporânea é substancialmente comprometida por um viés antiespiritual que está implícito nas abordagens operacionais de diagnóstico, pesquisa e tratamento.

A subjetividade humana não pode ser devidamente desconstruída em uma coleção de objetos independentes entre si, livres de qualquer contexto psicossocial, tal como a que é habitualmente assumida em uma abordagem do tipo “menu chinês” utilizada para o diagnóstico e entrevistas estruturadas. Perspectivas materialistas predispõem os indivíduos a assumirem uma visão de separação que compromete o bem-estar tanto dos profissionais de saúde mental quanto de seus pacientes. O progresso no diagnóstico psiquiátrico, bem como nas formas de tratamento, requer abordagem centrada na pessoa, capaz de respeitar e valorizar a subjetividade humana e promover o cultivo de virtudes tais como esperança, amor e coragem, bem como o uso criterioso de outros métodos psicobiológicos de tratamento. O funcionamento saudável requer o desenvolvimento da autotranscendência, além do autodirecionamento e da cooperatividade. Sem a autotranscendência as pessoas estão consumindo mais recursos do que a terra pode repor.

A busca do bem-estar individual, na ausência do bem-estar coletivo, é uma ilusão autodestrutiva. Consequentemente, a psiquiatria contemporânea precisa centrar sua atenção na compreensão da consciência humana por meio de uma via ternária equilibrada, em vez de tentar reduzir as pessoas a objetos materiais separados.

Cloninger CR / Rev Psiq Clín. 2013;40(3):110-3

- o texto está disponível em pdf - clique aqui para acessar o pdf.

 



topo

 

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual