Centro de Estudos Espíritas Paulo Apóstolo

>    A força da mensagem espírita está em sua delicadeza

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Centro de Estudos Espíritas Paulo Apóstolo
>    A força da mensagem espírita está em sua delicadeza


______

Kardec já dizia que o Espiritismo é o maior inimigo do materialismo. E conseqüentemente, da falta de fé, das filosofias imediatistas, reducionistas e negativistas

A doutrina espírita possui uma certa delicadeza.

Uma delicadeza que vem do alto, dos planos superiores da vida hiperfísica.

É essa delicadeza, por assim dizer, a expressão de sua essência. O que toca, definitivamente, as fibras mais íntimas do coração humano.

Kardec já dizia que o Espiritismo é o maior inimigo do materialismo. E conseqüentemente, da falta de fé, das filosofias imediatistas, reducionistas e negativistas.

A delicadeza dessa mensagem — desse moderno espiritualismo — convida o ser humano a um posicionamento inédito diante de si mesmo, das grandezas da natureza e do Ser Supremo.

A doutrina espírita também repousa numa fragilidade encantadora. Essa fragilidade, que confunde os doutos e os prudentes, está explícita na suavidade de sua mensagem, que ameniza a truculência materialista do mundo moderno.

É impossível, ao coração atormentado pela dor ou pelo tédio, não sentir-se comovido, ainda que por um fugaz momento — talvez o momento necessário — durante a leitura rápida e casual de alguma mensagem psicografada, transcrita nalgum pequeno folheto que corre de mão em mão, sem destinatário predeterminado.

A força da mensagem espírita também está na fragilidade das abnegadas mãos de luz que, no silêncio do sacrifício, transcrevem essas pérolas etéreas em forma de palavras que aquecem os corações desvalidos.

A força da doutrina espírita está na simplicidade e na emoção das vozes queridas que retornam dos portais dimensionais da vida e novamente sussurram aos nossos ouvidos, à semelhança do vento que sopra onde quer, confirmando a certeza incontestável de que o amor continua sempre no coração dos que partiram para a grande viagem ultrafísica...

A força de nossa doutrina está no despojamento de tudo o que aprisiona a mente e o coração — tudo o que não é essencial para verdadeiramente nos colocar ante a Presença Divina.

Está na fugidia busca do amor a Deus, “em espírito e verdade”, sem o frio e ostensivo entorpecimento ritualístico, livre das estéreis divagações metafísicas, simplesmente confirmando que é nos esforço pelo auto-aprimoramento de cada dia e na possível dedicação aos nossos semelhantes, que alçamos o vôo definitivo para a nossa iluminação interior.

A força de nossa doutrina, portanto, está em sua delicadeza, em toda essa sua fragilidade...

A leveza de sua mensagem está nesse seu poder, capaz de difundir no sombrio mundo dos homens, pacificamente, sem alarde, as luzes da vida eterna, da única vida que é a do Espírito imortal, sublime e cristalino reflexo do próprio Criador.

 

 

Equipe Consciesp
Consciência Espírita - 2006
Centro de Estudos Espíritas Paulo Apóstolo


Consciência Espírita

Fonte: http://www.consciesp.org.br/materias2.php?id=9


topo


Leiam outros textos do Centro de Estudos Espíritas Paulo Apóstolo

->  Allan Kardec e a educação para a imortalidade
->  Assistência espiritual no momento da morte
->  O chamamento do infinito
->  Conceituação espírita sobre o bem e o mal
->  A diferença entre crer e ter fé
->  Dogmas científicos, filosóficos ou religiosos perdem sentido quando novas evidências falam alto à razão
->  26 maneiras de identificar se uma comunicação provém de um bom espírito
->  O fenômeno das vozes diretas do médium Leslie Flint
->  Filosofar e servir
->  A força da mensagem espírita está em sua delicadeza
->  Mediunidade, o limiar da percepção
->  Mediunidade dos Santos
->  O momento propício para a educação do Espírito
->  Um panorâma espiritual da depressão


topo