Dr. Ricardo Di Bernardi

>   Pedagogia Espírita

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Dr. Ricardo Di Bernardi
>   Pedagogia Espírita

 

1 - O QUE É, O QUE NÃO É!

A educação espírita apresenta-se como uma proposta pedagógica. Permite, a Pedagogia Espírita, aperfeiçoar nossa prática espírita adequando-a a idéia do grande educador Kardec, deixando de lado a "saudade do altar" afastando-nos do igrejismo e da institucionalização religiosa.

2 - Na realidade, o próprio espiritismo é também uma proposta pedagógica, cultural, universal, e aberta, como queria Kardec.

3 - A Pedagogia Espírita - (PE)

> não se propõe a fazer proselitismo,
> não é nenhum catecismo espírita,
> não se propõe a uma educação religiosa,
> não é um movimento sectário, autoritário ou centrado em uma pessoa ou instituição.

4 - Antes de mencionarmos a origem da pedagogia Espírita convém considerar as idéias de Sócrates e Platão como precursoras.

5 - Conforme observei no primeiro Congresso Brasileiro de Pedagogia Espírita, poderíamos considerar uma fase gestacional antes do nascimento da PE, este período é composto por antecessores muito identificados com a idéia de Kardec (Rivail para os pedagogos, pois era seu nome verdadeiro). Os antecessores foram, na ordem, Comenius, Rousseau, Pestalozzi e, naturalmente, Rivail.

6 - No entanto, o grande nascimento foi no Brasil cujo “parto” foi efetuado por Herculano Pires, ao publicar o livro PEDAGOGIA ESPÍRITA.

7 - Os princípios básicos da pedagogia Espírita podem ser assim resumidos:

1º - Todo indivíduo tem uma dimensão espiritual, ou seja, tem uma alma.
2º - A criança é um espírito reencarnado.
3º - Em função dos princípios anteriores considera a Pedagogia Espírita que todo indivíduo, nesta existência, está em aprendizado e no intercurso de existências, portanto toda criança é um ser interexistencial.
4º - A vida é um aprendizado constante, rumo à perfeição que é o destino de todos os seres.
5º - A finalidade da nossa existência é a identificação com a centelha divina que existe em nossa essência (SELF=Inconsciente Puro= Deus em Nós)
6º - Em última análise o processo educativo é sempre de auto-educação.
7º - Cumpre ao educador, através da pedagogia, e sem imposição, cultivar a semente da auto-educação do educando.
8º - O auxílio educativo ao próximo, poderá e deverá ser, uma relação pedagógica universal.

8 - Princípios PEDAGÓGICOS da PEDAGOGIA ESPÍRITA:

Gestando desde Sócrates, passando por Kardec até o seu nascimento com Herculano Pires, a tríade dos princípios pedagógicos da PE compõe-se de:

1 - Pedagogia da Liberdade - o educando é livre para aderir ao processo evolutivo que lhe ofertamos. (Nada tem esta referência com falta de limites).

2 - Pedagogia da Ação - é agindo, experimentando, que o educando desenvolve suas potencialidades.

3 - A Pedagogia do amor – A relação pedagógica deve ser alicerçada no amor para tocar os recônditos profundos na alma do educando.

9 - PODE-SE UTILIZAR OS PRINCÍPIOS DA PEDAGOGIA ESPÍRITA PARA ENSINAR O CONTEÚDO ESPÍRITA AOS EDUCANDOS QUE O DESEJAREM, MAS NÃO INPOSITIVAMENTE A TODOS.

A pedagogia Espírita, conforme se concluiu no 1º Congresso brasileiro, deve operar com um ensino inter-religioso, informando ao educando o conteúdo de todas as religiões, e naturalmente o conteúdo espírita, de forma correta e aprofundada.

10 - Os Campos de Atuação da pedagogia Espírita são basicamente:

1º - A família
2º - O Centro Espírita
3º - A Escola Espírita
4º - A Universidade Espírita

11 - Justificando a Terminologia: Pedagogia Espírita

11. 1 - O uso de uma denominação mais abrangente levaria a uma perda de identidade da proposta.
11.2 - A proposta codificada por Kardec traz uma visão específica do mundo, bem como uma visão racional do intercâmbio com o mundo extrafísico.
11.3 - Conforme se definiu no 1º Congresso Brasileiro de Pedagogia Espírita, ao se declarar este movimento pedagógico como espírita, é preciso ter uma visão correta do espiritismo - que é uma visão universal e aberta -, como postulou Kardec.


Fonte: http://www.amergs.com.br/artigos/index.php?a=9

AMERGS - Associação Médico-Espírita do Rio Grande do Sul

 



topo


Leiam outros textos de Ricardo Di Bernardi

->  Anencéfalo e Abortamento
->  Deus e reencarnações iniciais
->  Dinâmica Energética no Resgate coletivo
->  Energia sexual nas modalidades de relações íntimas
->  Experiências científicas sugerem haver reencarnação
->  A foto Kirlian
->  Histórico do Cristianismo
->  Pedagogia Espírita
->  A Reencarnação Dissolveria a Família?
->  Ter ou não ter filhos e Reencarnação
->  Xifópagos e Reencarnação

 

_________________________

 

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual